Notícias

Eles também têm poder de compra

Com o comércio eletrônico a todo vapor, consumidores finais estão indo em busca de peças para os seus veículos por conta própria. Mais do que um meio de compra, a internet tem sido utilizada como fonte de informações sobre o universo automotivo

Entre uma compra e outra que faz pela internet, o operador de usina nuclear Ruiter Diniz conheceu, por acaso, um portal que reúne grande variedade de autopeças de fabricantes nacionais e internacionais. Trata-se da nossa plataforma Canal da Peça. “Em uma busca no Google, encontrei o portal e, felizmente, achei o pivô de suspensão que tanto procurava”, diz.

Dono de dois carros antigos – um Honda Accord 1996 e um Toyota Camry 1998 -, Diniz sempre teve dificuldade em encontrar peças para os veículos. “Como são mais velhos e importados, muitas vezes nem as oficinas mecânicas conseguem alguns itens”, afirma.

Consumidor ativo na internet, o operador não hesita em fechar pedidos pela rede. “Costumo comprar tudo pela web. Até esses dois carros foram adquiridos em sites”.

A praticidade, segundo ele, faz com que os shoppings virtuais sejam mais interessantes do que os físicos. No entanto, o que faz ele voltar a comprar em uma loja virtual é o atendimento. “Nunca tive problema no Canal da Peça, pelo contrário”, diz.

“Em uma busca no Google, encontrei o Canal da Peça e, felizmente, achei o pivô de suspensão que tanto procurava”, diz o consumidor Ruiter Diniz


“Fiz uma compra e o varejista não tinha a peça anunciada no estoque. Em pouco tempo, recebi uma ligação de um atendente da plataforma, que já encaminhou meu pedido para outro lojista que tinha o mesmo produto. O portal se preocupou em me ajudar”, relembra.

Variedade é importante, mas o bom atendimento é fundamental

O suporte, sem dúvida, faz toda a diferença para fidelizar um cliente. O empresário Wagner da Silva não aprova a assistência de determinados portais na web. “Alguns não valorizam o consumidor. O que mais me surpreendeu no Canal da Peça foi o excelente atendimento que tive durante a minha compra. Certamente, isso fará com que eu volte a usar o portal mais vezes”, afirma o comerciante, que já acessava o blog do Canal da Peça.

“Sempre busco conteúdos técnicos na internet e, por isso, conhecia o blog. Apesar de não trabalhar nessa área, gosto do assunto e, às vezes, me arrisco em fazer reparação em casa, como troca de vela e tubo”.

+ Conheça histórias de profissionais que têm trocado o papel pelo celular

Para Silva, a variedade de itens em um site também é um ponto de destaque. “O Canal da Peça se difere de outros varejistas virtuais por que, além de ter uma boa diversidade de peças, é possível comparar os preços de um modo simples e rápido. Consigo economizar dinheiro e tempo”, diz.

Mercado em ascensão

O setor de autopeças está em expansão. A 2ª edição do Estudo do Setor de Autopeças apontou que o setor no Brasil cresce ao ritmo de 40% ao ano, enquanto o varejo total apenas 25% no mesmo período.

E esse “boom” não é de hoje. Ainda mais quando o assunto é internet. Um estudo feito em 2014 pela consultoria alemã Roland Berger, em parceria com a americana Hedges & Company, mostrou que, desde 2008, o comércio online de autopeças cresceu entre 12% e 16%, a cada ano.

No Brasil, esse crescimento também reflete no faturamento de varejistas que têm apostado na rede. É o caso da Autopeças Molina, loja que existe há 25 anos em São Paulo. “Hoje, cerca de 20% da nossa receita vem do e-commerce”, afirma o gerente Emerson Martins.

+ Veja as vantagens e os desafios do varejo virtual 

Uma das justificativas para o êxito do negócio está nas estratégias de marketing. “Acredito que, com as ações que podemos adotar em lojas online, a fidelização de clientes fica mais fácil”.

Cada vez mais online

O comerciante Renato Takahashi é um entusiasta do comércio eletrônico. As compras online já fazem parte de sua rotina. “Costumo comprar na internet quase diariamente”, revela.

Entre os produtos mais acessados estão eletrônicos e roupas, mas, recentemente, outra categoria tem se destacado em sua lista de preferências: a de autopeças. “Ao procurar itens para o meu carro na internet, conheci o Canal da Peça. Achei a proposta excelente”, opina.

Muitas de suas compras através da plataforma, inclusive, foram realizadas com cupons de desconto. “Gostei bastante da estratégia de alguns fabricantes, que oferecem desconto em produtos”, afirma. Além dos cupons, que estimularam suas compras, Takahashi enfatiza outras vantagens. “O frete justo e a variedade de lojas fizeram com que eu utilizasse mais a plataforma”, diz ele, que é consumidor das marcas Bosch, MTE-Thomson, Delphi e Cofap.

Facilidade na rede

O auxiliar administrativo Gabriel Seifert fez, recentemente, seu quinto pedido através da plataforma. “Compro as peças para levar à oficina mecânica. A simplicidade em encontrar produtos é um dos diferenciais do Canal da Peça”, diz.

“A simplicidade em encontrar produtos é um dos diferenciais do Canal da Peça”, diz o cliente Gabriel Seifert


De acordo com Seifert, a clareza na exposição dos produtos faz toda a diferença, ainda mais para quem não atua no setor de autopeças. “Além de ser um portal bem completo, a descrição dos itens é muito boa. Tudo está bem detalhado e a busca filtrada facilita bastante”, afirma. Pela confiança e satisfação dos e-consumidores, o comércio online promete estar cada vez mais presente na vida dos brasileiros.

Receba grátis por e-mail

Comentários

Author


Avatar