Notícias

Frete sob medida

Conheça os tipos de entrega disponíveis no Canal da Peça e escolha a melhor opção para a sua loja

Se você já montou sua loja virtual no Canal da Peça e agora está em dúvida sobre quais opções de frete irá oferecer aos clientes, essa matéria irá ajudá-lo a escolher as melhores alternativas.

No nosso Painel de Controle, há seis tipos diferentes de frete – CDP Entrega, Sedex, Pac, Retirada na Loja, Entrega Turbo e Entrega por Transportadora -, que podem ser ativados simultaneamente.

“Cada um deles irá se adequar aos diferentes perfis de lojistas e de consumidores”, diz Diego Alencar, responsável pelo setor de vendas do Canal da Peça. Mas como escolher o melhor para o meu tipo de negócio?

Não quer ter dor de cabeça com compras feitas pela internet? Escolha o CDP Entrega! 

O CDP Entrega é o preferido dos lojistas e dos consumidores. Nessa opção, há dois tipos de envio: a Entrega Econômica e a Entrega Expressa.

Na Econômica, o cliente paga pelo frete no ato da compra e o Canal da Peça recebe a taxa paga. O lojista faz o envio pelos Correios, com a nossa etiqueta de postagem, e não paga pelo frete.

 

CDP Entrega: mais comodidade para os lojistas


Já na Expressa, o consumidor também efetua o pagamento no momento da compra e nós recebemos a taxa. O Canal da Peça tem parceria com a plataforma Rápiddo, empresa de entregas por moto, e faz a retirada da peça na loja física.

Em até 48 horas após o pedido, o produto é entregue ao destino final. Esse serviço abrange a Grande São Paulo, Campinas, Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro, Vitória, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Fortaleza.

O CDP Entrega tem valor fixo de R$ 19,90 para fretes até R$ 100, ou seja, essa taxa é mantida em entregas que flutuam entre R$ 0,00 e R$ 99,99.

“Fora o valor fixo para o cliente final, outra vantagem do CDP Entrega é a facilidade de envio: basta imprimir as etiquetas fornecidas por nós e a peça será enviada sem que o varejista desembolse nenhuma quantia. Isso, por conta da nossa parceria com os Correios e com a plataforma Rápiddo”, explica Tiago Souza, consultor de e-commerce do Canal da Peça.

Prefere os Correios ou já tem contrato com eles?

Se o varejista optar pelos Correios, haverá duas formas de entrega: Sedex (entrega rápida) e Pac (entrega econômica). Nas duas maneiras, o cliente paga o frete no ato da compra. “Caso o lojista não tenha contrato com os Correios, ele paga a taxa no momento do envio e é reembolsado por nós”, avisa Alencar.

Para lojistas que têm motoqueiros: Entrega turbo!

Para quem tem pressa, essa, sem dúvida, é a melhor opção. Varejistas que disponibilizam motoqueiros próprios podem usar seus serviços para pedidos feitos na loja virtual, otimizando o prazo de entrega.

Pedidos realizados na região da loja até às 14h são entregues no mesmo dia. A área de entrega pode ser selecionada pelo varejista.

Entrega Turbo: rapidez garantida. Motoqueiro da Mello Autopeças. Foto: Willian Andrade



“A entrega turbo é uma ótima ferramenta para aumentar as vendas, já que muitos mecânicos utilizam nossa plataforma para compras e precisam das peças com urgência”, afirma Souza.

“Essa configuração é ativa no Painel de Controle da loja e pode ser personalizada levando em consideração distância, peso, dimensões e valores”, diz.

Que tal disponibilizar retirada na loja?

O cliente também pode comprar pela internet e retirar o produto no balcão da loja física. Assim, não precisará pagar a taxa de entrega e poderá aproveitar as vantagens de parcelamento e cupons de desconto, que são oferecidos frequentemente pelas principais marcas do setor – entre elas Bosch, SKF, Delphi, Fras-le e MTE-Thomson.

+ Saiba mais sobre cupons de desconto

“Apesar de não ser um tipo de frete, a opção de retirada é bem interessante e agrega muito na quantidade de venda das lojas, principalmente nas feitas com a utilização de cupons de desconto” diz Tiago Souza.

Já utiliza transportadora para entrega? Então essa pode ser uma boa alternativa para sua loja virtual!

Se sua loja trabalha com volumes maiores em peso e cubagem, provavelmente os Correios não vão entregar a encomenda. Vale lembrar que o limite via Sedex é de 30 quilos; enquanto o Pac, 50 quilos.

Para cadastrar uma transportadora, o processo é similar ao da Entrega Turbo. No Painel de Controle, o lojista irá personalizar por região, valor mínimo do pedido e peso.

“Em seguida, irá aparecer uma opção onde deve ser fornecido o tempo necessário para entrega. Nossa plataforma compara as informações dos clientes com as das peças em nosso banco de dados e faz o cálculo automático desse valor de despacho”, explica Tiago Souza.

Frete grátis: benefício exclusivo para o Clube Profissional

A taxa de entrega de um produto pode ser um grande empecilho para a realização de uma venda. Por isso, quem faz parte do Clube Profissional tem a vantagem de poder oferecer, com frequência, benefícios como frete grátis e cupons de desconto.

+ Leia mais sobre frete grátis

“As marcas perceberam o poder do frete grátis e disponibilizam regularmente esse tipo de ação em suas páginas. Não há valor mínimo nem restrição de região”, avisa Vinícius Dias, CEO do Canal da Peça.

“Dessa maneira, o fabricante consegue divulgar o portfólio para todos os clientes e, assim, fidelizar consumidores. Já os usuários poderão ter acesso a qualquer produto da empresa, sem ter de pagar por isso, independentemente de onde esteja.”

Emirson Oliveira, do Grupo Frota


Quem usa, aprova a iniciativa. “Acho sensacional essa possibilidade de oferecer frete grátis para os nossos clientes, pois isso beneficia quem está em regiões afastadas”, diz Emirson Oliveira, do Grupo Frota.

 Saiba mais sobre nossos tipos de entrega

“Conseguimos atingir consumidores de outras regiões do Brasil e, ainda assim, ser tão competitivo quanto os varejistas desses locais”, afirma o comerciante de Cuiabá, no Mato Grosso.

A Pesquisa Conversion do Consumidor Digital 2017, publicada pela agência brasileira Conversion, comprova os efeitos positivos do frete gratuito: 84% dos e-consumidores entrevistados afirmam que comprariam mais pela internet se o frete fosse sempre grátis.

Já o alto custo da taxa de entrega liderou a lista de fatores que desestimulam o cliente a finalizar uma compra, correspondendo a 77%. Usuário do Canal da Peça, Rosálio Vital, de Sidrolândia, no Mato Grosso do Sul, elogia esse tipo de ação.

 “É muito bom saber que, mesmo longe, posso comprar itens que não encontro na minha região, sem ter de pagar mais por isso”, afirma o consumidor Rosálio Vital.

Para usar o benefício, o lojista deve ficar atendo aos e-mails que enviamos para nossa base de clientes e acessar nossa página oficial no Facebook. Por lá também avisamos sobre as ações promocionais ativas no momento.

“Há sempre promoções para atrair consumidores, dessa forma, varejistas e clientes saem sempre ganhando”, diz Diego Alencar.



Receba grátis por e-mail

Comentários